Blog Anaclin

O poder nutricional e funcional do alho

Atualmente, o poder terapêutico do alho é comprovado cientificamente por inúmeros pesquisadores, inclusive reconhecido pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), uma vez que os inúmeros benefícios à saúde já foram identificados.Atualmente, o poder terapêutico do alho é comprovado cientificamente por inúmeros pesquisadores, inclusive reconhecido pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), uma vez que os inúmeros benefícios à saúde já foram identificados.

Na culinária brasileira, o alho é utilizado como condimento de forma in natura ou em temperos industrializados. Apesar de ser consumido em grande escala, estudos indicam que existem interferências quanto ao tempo de cocção e maneiras adequadas de preparações que garantem integralmente o poder funcional deste alimento.

BENEFÍCIOS: Propriedades nutricionais e efeitos funcionais

Os princípios ativos do alho, favorecem em muitos casos, a redução de fatores de riscos de doenças, aumentando a imunidade, auxilia na decodificação dos órgãos e vísceras e produz efeito antimicrobiano e antioxidante. Isso porque possui substâncias bioativas que previne a ação dos radicais livres.

Os benefícios do alho advêm de substâncias chamadas fotoquímicas, que são compostos sulfurados e não sulfurados que atuam como antioxidantes na proteção contra os radicais livres, moléculas tóxicas associadas ao aparecimento de células cancerígenas, problemas nas articulações no sistema nervoso e o envelhecimento precoce.

Além disso, o alho possui antibióticos naturais, como a alicina e a garlicina – líquido de coloração amarela que aparece quando o alho é mastigado ou cortado por romper as células do bulbo, a qual é responsável pela maior parte das propriedades farmacológicas da planta – que tem ação contra bactérias. Foram identificados mais de 30 componentes do alho com efeito terapêutico.

O mesmo, apresenta atividade antimicrobiana, auxilia o organismo a resistir à invasão de microrganismos e a destruir determinados patógenos. Mostra-se útil nos tratamentos de bactéria e fungos como a cândida albicans, e o vírus do herpes, do sarampo e da gripe, bem como atua contra parasitas gastrointestinais.

Os inúmeros benefícios não acabam por aí! Os compostos sulfurados presentes no alho, são compostos funcionais com propriedades hipocolesterolêmicas, que significa a redução da concentração de LDL (lipoproteína de baixa densidade, chamada de colesterol ruim) e triglicerídeos. Também regula a pressão arterial e melhora a atividade de cicatrização.

A ANVISA, reconhece a função nutricional e regulamenta como uso fitoterápico. Ressalta que não é recomendado para menores de três anos e pessoas acometidas com problemas de gastrite, úlceras, hipotensão, hipoglicemia e os que fazem uso de anticoagulantes.

Recomendações de consumo

Para a redução da pressão arterial sistêmica e colesterol total, a ingestão seja de no mínimo de 6g a 9g (um dente de alho/dia). O consumo regular do alho na quantidade de 8g/dia (um dente grande), favorece o bom funcionamento do sistema imunológico, aumenta o colesterol HDL, combate bactérias e vírus, previne a aterosclerose e câncer, reduz a glicemia sanguínea e o colesterol LDL e consequentemente o risco de infarto. Tanto o Ministério da Saúde do Canadá e a Comissão e a Agência Federal Alemã de Saúde, sugerem a ingestão de 4g de alho cru ou 8mg de óleos essenciais para a prevenção de fatores de risco cardiovascular.

Na resolução RDC nº 17, de 24 de fevereiro de 2000, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, recomenda o consumo do alho macerado duas vezes ao dia, antes das principais refeições (almoço e jantar) numa quantidade de 0,5g ou ½ dente de alho médio em 30ml de água.

Por ser um alimento eficiente na prevenção de diversas doenças e no tratamento contra algumas bactérias, o cozimento do alho não deve ultrapassar 20 minutos para que não haja a perda de nutrientes. Recomenda-se a consulta de um nutricionista para analisar a sua situação atual e passar a melhor dieta utilizando o alho.

Receitas utilizando o Alho

TEMPERO DE ALHO COM ERVAS
Ingredientes
50 g ou 10 dentes de alho
100 ml ou ½ xícara (chá) de azeite de oliva
100 ml ou ½ xícara (chá) de vinagre branco
5 g ou 1 colher (sobremesa) de cominho em pó
3 g ou 1 colher (chá) de sementes de coentro moídas
1 g ou 3 folhas secas picadas de louro.
150 g ou 1/2 maço médio de salsa.
5 g ou 1 colher (sobremesa) de sal marinho.
Modo de Preparo
Bater bem todos os ingredientes no liquidificador e guardar a mistura em vidros esterilizados, na geladeira. É um tempero multiuso e dura muito tempo. Rendimento: 300 g (ADAPTADO DE BONTEMPO, 2009).
CREME DE ALHO
Ingredientes
120 g ou ½ xícara (chá) de amêndoas.
60 g ou 2 fatias de pão Integral amanhecido, sem casca e ralado.
15 g ou 3 dentes de alho amassado.
6 ml ou 2 colheres (café) de suco de limão.
200 ml ou 1 xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem.
Pimenta do reino a gosto.
Sal a gosto.
Modo de Preparo
Afervente as amêndoas e depois, retire as peles. Bata-as em processador até que estejam moídas. Junte o pão, o alho, o sal e a pimenta. Ligue novamente o processador e acrescente aos poucos o suco de limão e o azeite até obter um creme espesso e liso. Reserve em geladeira por algumas horas e sirva frio. Rendimento: 400 g (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).
3 PATÊ DE ALHO
Ingredientes
15 g ou 3 dentes de alho.
400 ml ou 2 xícaras (chá) de leite bem gelado.
100 ml ou 1 xícara (chá) de azeite de oliva.
Sal a gosto.
Pimenta calabresa a gosto.
Modo de Preparo
Colocar o leite, o alho, o sal e a pimenta no liquidificador. Bater bem e em seguida despejar aos poucos o azeite até dar ponto de maionese. Guardar na geladeira. Rendimento: 500 g (ADAPTADO DE BONTEMPO, 2009).
SOPA DE FEIJÃO BRANCO
Ingredientes
2000 ml ou 10 xícaras (chá) de água.
300 g ou 1 ½ xícara (chá) de feijão branco pré-cozido.
200 g ou 2 cebolas bem picadas.
150 g ou 2 tomates sem pele e sem sementes batidos no liquidificador.
10 g ou 2 dentes de alho picado.
150 g ou 2 cenouras cortadas em cubos pequenos.
200 g ou 1 talo de salsão picado.
1 g ou 3 folhas de louro.
40 g ou 2 colheres (sopa) de salsinha picada.
Pimenta do reino a gosto.
Sal a gosto.
Modo de Preparo
Em uma panela com água e sal misture o feijão pré-cozido. Acrescente a cebola, as cenouras, os tomates batidos, salsão e o louro. Quando levantar a fervura acrescente o alho e cozinhe o feijão por 20 minutos e por fim, acrescente a salsinha e a pimenta. Sirva quente. Rendimento: 2000 ml (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).
ARROZ COZIDO
Ingredientes
200 g ou 1 xícara (chá) de arroz .
500 ml ou 2 1/2 xícaras (chá) de água quente.
5 ml ou 1 colher (sobremesa) de óleo.
50 g ou 1/2 cebola picada.
5 g ou 1 dente de alho picado.
Sal a gosto.
Modo de Preparo
Lave o arroz, deixe escorrer por alguns minutos. Enquanto isso, em uma panela coloque o óleo, o alho e a cebola e deixe fritar por dois minutos. Em seguida, acrescente o arroz, frite-o por mais três minutos. Coloque a água fervendo e adicione o sal a gosto. Deixe no fogo baixo por mais ou menos 15 minutos. Depois é só servir. Rendimento: 550 g (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).
FEIJÃO COZIDO CARIOCA OU PRETO
Ingredientes
400 g ou 2 xícaras (chá) de feijão.
1000 ml ou 5 xícaras (chá) de água.
10 g ou 2 dentes de alho picado.
10 ml ou 2 colheres (sopa) de óleo de canola.
Temperos opcionais (cebolinha, manjerona e louro).
Sal a gosto.
Modo de Preparo
Separe e lave o feijão. Deixe-o de molho em uma vasilha com água por algumas horas e depois cozinhe por 20 minutos. Antes de servir, retorne ao fogo e espere levantar fervura, após acrescentar a cebola picada, temperos, os alhos picados, o sal e o óleo. Deixe ferver por mais 5 minutos e sirva. Rendimento: 1500 g (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).
PATÊ DE BERINJELAS
Ingredientes
1500 g ou 3 berinjelas cortadas no sentido de comprimento.
55 g ou 1 pimentão vermelho sem pele e sem semente cortado em tiras.
15 g ou 3 dentes de alho descascados e picados.
3 g ou 1 colher (café) de sal.
10 ml ou 2 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem.
10 ml ou 2 colheres (sopa) de vinagre de vinho.
20 g ou 2 colheres (sopa) de salsinha picada.
20 g ou 2 colheres (sopa) de cebolinha picada.
4 g ou 1 colher (sopa) de ervas finas.
Pimenta do reino a gosto.
Modo de Preparo
Com auxílio de uma faca pequena, faça pequenos furos na casca das berinjelas, coloque-as em uma assadeira e leve-as ao forno pré-aquecido por aproximadamente 35 minutos ou até que estejam bem macias. Raspe a polpa, misturando bem. Junte o pimentão, o alho, as ervas finas na mesma assadeira. Tempere com sal e pimenta do reino. Regue com azeite e vinagre, polvilhe com salsinha, cebolinha e sirva. Rendimento: 1200 g (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).
PÃEZINHOS DE ALHO
Ingredientes
200 g ou 1 xícara (chá) de massa de pão.
20 g ou 4 dentes de alho picado.
5 g ou 1 colher (sobremesa) de orégano fresco.
20 ml ou 4 colheres (sopa) de azeite.
Sal e pimenta do reino a gosto.
Modo de Preparo
Numa vasilha esmague os dentes de alho com o orégano e o sal. Quando tudo estiver bem moído, junte o azeite para formar uma pasta. Por fim, adicione a pimenta. Estenda a massa de pão em uma forma redonda ou quadrada e espalhe a pasta com ajuda de um pincel de cozinha. Antes de levar ao forno a (180ºC) molde em pequenos pãezinhos e deixe por aproximadamente 20 minutos ou até ficar com uma cor dourada. Sirva morno. Rendimento: 500 g (ADAPTADO DE ABRIL COLEÇÕES, 2010).

___________________________________________________________________________________
Artigo de TCC escrito pela:
Dra. Amarilda Carraro Pedagoga e Nutricionista
Especialista Lato Sensu em Nutrição Clínica Funcional
Pós-graduada em Fitoterapia CRN 88483

www.amarilda.com.br
R: José Ângelo Cordeiro n° 500 – 1º andar, Sala 12 – São José dos Pinhais/PR
Telefone:  41 3586-1619 / 41 99204-5243 (Tim/Whatsapp)
Convênios: Amil, Bradesco, Cassi, Copel, Med Prev, Med Saúde, Saúde Caixa, Sanepar, Sindicato Rural, Solumedi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *